quarta-feira, 20 de abril de 2011

SHOWS


Confiram a programação musical da semana santa no Efó Drinks

Vale a pena conferir a banda itabunense Mendigos Blues.


domingo, 27 de março de 2011

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

domingo, 19 de dezembro de 2010

SHOWS


II FÚRIA METAL CONSOLIDA MAIS UM EVENTO EM IPIAÚ

O II Fúria Metal aconteceu no dia 4 de dezembro, na Cabana do Vavá. Houve quem duvidasse do sucesso do evento, visto que a Cabana do Vavá não está próxima do centro da cidade (como se algum lugar em Ipiaú fosse suficientemente longe de alguma coisa). Más o público novamente compareceu, superando a marca de 100 presentes. Mais uma vez Ipiaú recebeu a visita de Headbangers de diversas cidades, incluindo aí um corajoso que veio de moto de Porto Seguro viajando mais de 400 KM para prestigiar o Fúria - gostar mesmo de Heavy Metal é isso aí, "headbangers de Ipiaú"! Más tirando algumas pessoas que não compareceram pelo fato de local ser "muito longe", os ipiauenses e visitantes que compareceram ao II Fúria Metal mais uma vez foram contemplados com ótimos shows. Quem abriu os trabalhos da noite foi a Chaos Conspiracy, banda com pouco tempo de estrada, más que mostrou bom potencial em um som calcado no Thrash Metal Oitentista. Uma curiosidade nesta banda é que o baixista/vocalista Felipe e o guitarrista Junior são de Ibirataia, enquanto o guitarrista Mahesley e o baterista Cesar são de Jequié. Na sequência, a Doom Crew, de Itabuna levantou o público com um afiado Heavy Metal, mandando covers matadores de clássicos com "Ace Of Spades" (Motorhead), "Mechanix" (Megadeth) e "For Whom The Bells Tolls" (Metallica). Já passava da meia noite quando subiu ao palco a Suffocation Of Soul (Poções), que angariou uma legião de fãs em Ipiaú após sua apresentação no I Fúria Metal. E certamente esta legião aumentou após mais um grande show. As músicas que farão parte do cd "The First Attack", primeiro album da banda a ser lançado em breve agradaram em cheio, com destaque para as faixas "The First Attack", "Heavy Artillery", "The Last Way Of Madness" e o final com a música mais pedida pela platéia, a "Demoniac Empire". André (vocal/baixo), Tarcisio e Mauricio (Guitarras) e Jamaica (Bateria) são os caras que provavelmente colocarão a cena do interior da Bahia em destaque pelo Brasil brevememnte. Encerrando a moite tivemos a atração mais aguardada do festival: os mineiros da Facínora, banda de Belo Horizonte que este ano venceu a seletiva mineira do Wacken Metal-Battle, ganhando o direito de disputar uma semifinal nacional em São Paulo (para quem não sabe, o Wacken Metal Battle classifica uma banda de cada país selecionado para a final mundial, disputada durante o Wacken Open Air, na Alemanha, o maior festival de Metal do mundo). Pois bem, os mineiros mostraram muita humildade antes, durante e depois do Fúria Metal. Tem banda que mal ensaiou e já saem fazendo mil exigencias para tocar em um evento. A Facinora mesmo com todo este "status" chegou apenas p/"tomar um goró e fazer um som",sem fazer nenhuma grande exigência. No show, as músicas do album "Hell Is Here", primeiro lançamento da banda, que eles estavam divulgando, este foi tambem o primeiro show dos caras no Nordeste, uma honra para Ipiaú. "Hell Is Here" e "RIP (Religion Is A Plague)" foram dois dos destaques da noite, sem esquecer do cover de "Reign In Blood" (Slayer), que obviamente quase trouxe a baixo a Cabana do Vavá. Um grande show, pergunte a quem foi e todos dirão exatamente isto. Fica a expectativa pelos próximos, pois o Fúria Metal já pode ser considerado seguramente um evento no calendário cultural de Ipiaú.


texto: Carlos Alberto - organização do II Fúria Metal

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

SHOWS



Mais uma noite de "Fúria"
Parece que o Heavy Metal volta a ter notoriedade em Ipiaú após tantos anos de ausência nos meios altenativos da cidade. Quem é "das antigas" deve se lembrar dos anos noventa, época em que Ipiaú presenciou uma boa cena voltada a música pesada. Pois bem, atualmente o cenário metalico na cidade começa a ressuscitar e o festival "Fúria Metal" está aí para comprovar este crescimento, embora ainda não seja um crescimento qualitativo. Acontece no dia 4 de dezembro, a partir das 20 horas, na Cabana do Vavá (em frente ao Arara) o II Fúria Metal. O evento está sendo organizado pela Headcrusher Produções, produtora de eventos recém criada que tem como principais objetivos a realização de shows e excursões voltados ao Metal. A banda mineira de Thrash Metal Facínora será o destaque do festival, visto que estarão pela primeira vez no nordeste, divulgando seu primeiro album, "Hell Is Here", os mineiros tambèm se apresentarão na cidade de Valente. Alem da Facínora, merece destaque também o retorno da Suffocation Of Soul, banda de Poções que arrebatou uma legião de fãs após o grande show no I Fúria Metal, realizado em setembro. Completam o cast da noite as bandas Doom Crew (Itabuna) e Chaos Conspiracy (Ibirataia), sendo que esta última fará sua estréia em palco. Os ingressos custarão 7,00. Se eu fosse você não perderia por nada.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

SHOWS


Excursão para o HEAVY ARTILLERY METAL FEST em Poções

Para quem estiver afim de conferir este festival de Heavy Metal na cidade de Poções, estará sendo organizada uma excursão para o evento, que acontecerá no dia 20 de novembro.
Estarão se apresentando as bandas: SUFFOCATION OF SOUL (Poções), ESCARNIUM (Salvador), RECRUCIFIXION (Vitória da Coqnuista) e MORTIFERA (Ilheus).

PREÇO: R$ 35,00 (ingresso incluido)
SAÍDA: Praça Ruy Barbosa (Ipiaú) às13 horas
RETORNO: Após o show

Contatos: carlosmaidenfx@hotmail.com (MSN)

segunda-feira, 25 de outubro de 2010


2ª edição do Fúria Metal terá banda de Minas Gerais

Após a boa aceitação do I Fúria Metal, evento pioneiro ocorrido em setembro aqui em Ipiaú, uma nova edição do festival já está a caminho e deverá acontecer no dia 4 de dezembro. Uma das atrações desta 2ª edição será a presença da banda mineira de Thrash Metal Facínora (foto), que estará divulgando na Bahia o seu primeiro álbum intitulado “Hell Is Here”. Os mineiros também farão shows em Valente e Salvador. Brevemente teremos mais detalhes.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

SHOWS








parece nostalgia...

más é so tristeza...


Aconteceu no último dia 11 de outubro, segunda-feira, o Tributo a Legião Urbana. Como já foi citado neste blog, a festa existe há 11 anos e foi criada por um grupo de jovens da cidade, fãs da banda e do cantor Renato Russo, que resolveram promover, na data de seu falecimento, uma festa regada a composições do Legião Urbana, como forma de homenagear o ídolo. A edição deste ano, realizada no Efó Drinks, foi produzida pelo artista ipiauense Tito da Cruz e contou com o apoio de diversos músicos e empresas da cidade.

Desde que cheguei à cidade de Ipiaú, ano 2000, com 14 anos de idade, sempre ouvi falar nesse Tributo. Tenho o maior orgulho em dizer que presenciei várias edições da festa e admiro muito o trabalho que foi feito durante todos estes anos. Festas tranqüilas, banda formada em sua maioria por músicos competentes e músicas bem executadas. Eu, que tive a adolescência nos anos 2000, sempre invejei os jovens que tiveram acesso aos shows verdadeiros do Legião Urbana, nos anos 80 e 90. Mas no Tributo a Legião de Ipiaú eu podia me sentir mais próxima da magia dessa geração e, por isso, sempre fiz questão de estar presente.

Entre trancos e barrancos, a festa já não é mais a mesma. Lógico, 11 anos se passaram e a geração mudou. Mas sempre fico impressionada como ainda existe um público fiel. A festa ocorrida no último dia 11 foi um exemplo disso. Apesar da execução visivelmente improvisada das músicas, o público manteve a animação, ajudou cantando as letras e tudo foi ocorrendo muito bem, até que uma briga no recinto levou a festa ao seu fim. Sei que brigas em shows acontecem todos os dias, em todos os lugares do mundo. Não estou aqui pra julgar isso. Mas pra mim, a cena que presenciei ilustrou um dos piores problemas que a cidade enfrenta atualmente. VIOLÊNCIA, meu povo! Brigas em bares são coisas corriqueiras, eu sei. Mas esse episódio me fez perceber que Ipiaú já não é mais a mesma cidade tranqüila em que vivi na adolescência. Apesar do aumento da população, a cidade está cada vez mais vazia. Não vejo mais jovens na Praça Ruy Barbosa, tocando violão e bebendo vinho barato, como eu fazia há alguns anos atrás. Não podemos mais sair de nossas casas e contar com um lugar seguro para nos distrair. A população anda amedrontada, insegura, à flor da pele. Devemos ter medo dos marginais, dos policiais, do cachorro que atravessa a rua e até mesmo do filho do vizinho que você viu crescer.

Estive fora por 4 anos, e as notícias que chegavam a mim era de que Ipiaú estava em desenvolvimento. Para mim não faz sentido a população perder sua paz e liberdade em nome de um desenvolvimento fantasma. Desenvolvimento? Cadê? “Será só imaginação?”. Eu, sinceramente, lamento muito pelos jovens que vivem em Ipiaú hoje. Lamento que eles não possam desfrutar de cada canto da cidade como eu desfrutei. Lamento pelas famílias que agora, mais do que nunca, preferem optar por passar seus domingos em casa, em nome da própria segurança. E torço, de verdade, para que um dia isso mude, pois como diria Renato Russo: “tudo passa, tudo passará....e nossa história não estará pelo avesso assim, sem final feliz, teremos coisas bonitas pra contar...”. Espero que ele esteja certo.


Texto: Laísa Eça

terça-feira, 7 de setembro de 2010

SHOWS


A NOITE DO HEAVY METAL

Muito mais que um simples Festival de música, o I Fúria Metal deixou algumas lições: primeiro que em Ipiaú existem pessoas que não valorizam esta onda de "bunda music; segundo que nem sempre um festival de música para dar certo precisa ter bandas famosas e estilos musicais "populares"; terceiro, que shows de Rock / Heavy Metal não são nescessariamente sinônimos de confusão, desordem e uso de drogas - nenhuma briga por menor que fosse foi registada durante todo o evento. Foi uma noite onde headbangers, curiosos e simpatizantes puderam conferir de perto a atuação de 4 bandas do metal baiano que aportaram em Ipiaú na noite de sábado, 4 de setembro, no Rio Novo Tênis Clube. Após uma série de dificuldades enfrentadas pela organização no processo de preparação do Festival, a recompensa veio com o bom público que compareceu, público formado por pessoas de várias cidades da região e até mesmo de Salvador. Na parte musical o grande destaque foi a Suffocation Of Soul, da cidade de Poções, que tambem se apresentou em Jacobina na noite anterior, em uma jornada que se iniciou na sexta-feira partindo de Poções para Jacobina e depois de Jacobina para Ipiaú. O Thrash Metal vigoroso que mostraram em Ipiaú não foi nenhuma novidade para alguns dos presentes que ja estavam acostumados a grande competência dos 4 músicos, más foi marcante para a maioria do público, que elegeu a Suffocation Of Soul como a melhor banda do evento com suas músicas proprias e covers de bandas como Judas Priest, Destruction e Kreator. Antes da Suffocation tambem ja haviam se apresentado a Blackoutt X (Jaguaquara) com um show baseado em clássicos do Heavy Metal - a destacar o apoio que receberam da Prefeitura Municipal de Jaguaquara, que disponibilizou um ônibus para que músicos e publico viessem de Jaguaquara até Ipiaú. A Mortifera, banda mais experiente do evento, veio logo após a Blackoutt, os ilheenses são muito profissionais e brindaram a plateia com um muitissimo bem executado Death/Thrash Metal com destaque para o vocalista China Gonzaga. O encerramento em grande estilo veio com os Itabunenses da Black Chest, que como a Blackoutt, tambem baseia seu repertorio em clássicos do Heavy Metal - e ouvir logo de cara um hino como "Rinding The Storm",da banda alemã Running Wild, é algo que eu jamais pensei em ver aqui em Ipiaú. A noite foi realmente inesquecível pelas bandas, pelo publico e pelo clima de paz que marcou todo o evento. Se o objetivo do evento era mostrar que o Heavy Metal tambem é coisa de gente, conseguiram antigi-lo com sobra!

Texto: Carlos Alberto (Organização do I Furia Metal)

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

SHOWS


I FÚRIA METAL ACONTECERÁ DIA 4 DE SETEMBRO EM IPIAÚ

Em uma iniciativa pioneira na nossa cidade, acontecerá no próximo dia 4 de setembro, a partir das 20 horas, no Rio Novo Tênis Clube, o 1º evento dedicado aos apreciadores do Heavy Metal e suas vertentes em Ipiaú e região. O I Furia Metal terá a participação de 7 bandas, sendo 2 delas em apresentações especiais de 25 minutos e outras 5 com shows que terão a duração de 50 minutos.
A ordem dos shows ja foi definida e terá a seguinte sequencia:Justificar
1 - DOOM CREW (Heavy Metal - Itabuna)
2 - BLACKOUTT X (Heavy Metal - Jaguaquara)
3 - MORTIFERA (Thrash Metal - Ilheus)
4 - BLACK CHEST (Heavy Metal - Itabuna)
5 - SUFFOCATION OF SOUL (Thrash Metal - Poções)
6 - INTERCEPTO V6 (Thrash Metal - Ilheus)
7 - PENETTRALIA (Death Metal - Ilheus)

Um dos destaques do evento será a banda Suffocation Of Soul, da cidade de Poções. A banda tem sido apontada pela midia especializada como uma das maiores revelações do Metal baiano dos ultimos anos. Com shows em diversas cidades baianas, alem de terem participado de um festival na cidade sergipana de Itabaiana no ultimo dia 3 de julho. Na vespera do show em Ipiaú, eles estarão se apresentando na cidade de Jacobina, abrindo os shows das famosas bandas brasileiras Apokalyptic Raids (RJ) e Dominus Praeli (PR).

Sem duvida vale a pena conferir uma noite tão rara em nossa cidade.

Informações sobre o evento: http://ifuriametal.blogspot.com

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

SHOWS


Música sofisticada para ouvidos não tão exigentes

O Festival de Mùsica Instrumental Nota Jazz é de certa forma o responsável pelo nascimento do BLOG volume MÁXIMO. Na edição de 2009 surgiu a idéia de criarmos este blog. Este ano o festival chegou à sua 5ª edição, abrindo a Festa de São Roque. Como atração do evento o baixista de Vitória da Conquista Luciano PP e sua Contrabanda. O cara é "monstro", assim como "monstruosos" são seus instrumentos de trabalho. Na platéia embora houvesse quem apreciasse boa música, a maioria do público era composto por pessoas que apenas testemunhava a exibição do músico como o pouso de uma nave extra-terrestre na terra. Em cerca de 2 horas de show Luciano mostrou porque é considerado um dos maiores instrumentistas baianos , destilando toda sua técnica muito bem acompanhado pelos demais musicos da banda. A noite não teve apenas o som marcante do baixo de Luciano, teve solos de guitarra, teve improviso e teve participação de músicos ipiauenses tambem, os quais mostraram seu talento, embora não tenham ofuscado o brilho da exibição do musico conquistense. No apagar das luzes Luciano conclamou alguma pessoa da plateia para subir ao palco e neste momento um misterioso guitarrista aceitou a proposta e para surpresa de todos, mostrou grande habilidade no trato das seis cordas. Resta apenas descobrir quem foi o misterioso instrumentista que saiu do anonimato nesta noite do Nota Jazz, estará Ipiaú ganhando mais um grande músico? E porque "Música sofisticada para ouvidos não tão exigentes?" Simples. Porque se os ouvidos que estavam ali na Praça Ruy Barbosa neste domingo ,08 de agosto, fossem realmente exigentes, festivais como o Nota Jazz seriam regras e nao agradaveis excessões em uma cidade dominada pela música descartavel. Enquanto isso não acontece, aguardaremos mais um ano até o próximo. Uma pena!


Texto: Carlos Alberto Robertinho

sábado, 17 de julho de 2010

SHOWS


Excursão para o Festival de Inverno 2010

Acontecerá nos dias 21,22 e 23 de agosto mais uma edição do Festival de Inverno, em Vitória da Conquista. Com alguma boa vontade dá p/ conferir algumas atrações como: Titãs, Capital Inicial, Lenine e Jorge Benjor. Os ipiauenses interessados podem ir ao Festival procurando a Trilhas e Rios Ecoturismo e Eventos, seguindo instruções do cartaz.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

sexta-feira, 16 de abril de 2010

SHOWS


FILA, CAIPIRINHA E SOM!

Como é difícil ser brasileiro: salário mínimo, hospital público de péssima qualidade, escolas publicas que não preparam seus alunos para vestibular e concursos, políticos ladrões, policiais trogloditas, BBB, novelas, Galvão Bueno, Raul Gil, Ratinho, Pagode, Axé Music, Funk e... Filas. Muitas filas! No sábado de aleluia fui conferir o show das bandas Mendigos Blues e Kumiera no Efó Drinks e esperei insuportáveis 50 minutos por uma caipirinha, encarando uma fila do tipo “quem tiver mais sorte é atendido”. Como sorte nunca foi meu ponto forte... Más vamos ao que interessa. Fui até o Efó Drinks interessado em ver o show dos itabunenses da Mendigos Blues. Valeu à pena. Os caras são bons no que se propõem a fazer. Blues com pitadas de Rock, MPB, entre outros estilos...Pude notar influencias de musicos nacionais como Blues Etílicos, Nasi e os Irmãos do Blues, Celso Blues Boy e até mesmo de Marcelo Nova (Camisa de Vênus), principalmente nas letras. Espero que sigam em frente por muito tempo, pois provaram que tem muita lenha a queimar. Melhor momento do show na minha opinião foi “Love Me Two Times" do The Doors. A rapaziada da Kumiera já entrou em cena com a plateia ganha e a musicalidade deles tambem agradou quem curte um som na linha de O Rappa, Nação Zumbi, Racionais. Possuem algum tempo de estrada e consequetemente a maturidade vai chegando. Um dos destaques da banda é vocalista Deivid
, não desmerecendo os demais membros da banda, más a atuação dele é digna de aplausos.

Texto: Carlos Alberto Robertinho
Fotos: Kumiera

quinta-feira, 25 de março de 2010

SHOWS



Kumiera de volta às atividades

Uma boa pedida para o sábado de aleluia será o show das bandas Kumiera e Mendingos Blues, que acontecerá no Efó Drinks a partir das 22 horas. Os ingressos custarão 5 Reais e os primeiros 50 ingressos adquiridos dará direito a um cd da banda Kumiera, que está de volta à ativa após algum tempo de inatividade, trazendo de volta seu interessante som calcado no Reggae / Rock / Hip Hop, vale lembrar tambem que mulher não paga até as 23 horas.
Compareçam!

terça-feira, 2 de março de 2010

VÍDEOS

Ficamos algumas semanas sem postar, más estamos de volta às atividades. Apresentamos a banda ilheense de Hip Hop O Quadro, que tem entre seus integrantes o MC Freeza, ipiauense bastante conhecido no meio alternativo de nossa cidade.

domingo, 10 de janeiro de 2010

MADE I(n)PIAÚ


Para começar 2010 em grande estilo, preparamos uma entrevista com o guitarrista e luthier ipiauense Alisson Costa, que reside em Salvador. Alisson esteve se apresentando na cidade no Festival Nota Jazz, ocorrido em agosto de 2009. Além de grande músico, ele é tambem um renomado profissional na arte da luthieria (a manutenção e construção de equipamentos musicais). Suas principais influencias musicais são o Heavy Metal e o Rock And Roll e estas se fazem presentes em seus projetos musicais.

Aproveitamos a oportunidade para desejar a todos um feliz 2010!


BvM – Como surgiu a oportunidade de tocar no Nota Jazz?
AC - Surgiu através de um convite feito por Ricardo Souza da Rádio Livre comunitária.

BvM – Qual foi a sensação de voltar a Ipiaú para tocar após todos estes anos de ausência e quais lembranças você ainda guarda dos anos em que morou aqui?
AC - Interessante, me senti feliz devido ao fato de estar tocando em minha cidade natal e em um formato diferente, como artista solo.
E quanto às lembranças... guardo todas, o começo, as descobertas, é minha história, amigos e companheiros que tocaram comigo, as pesquisas, os estudos, as buscas, as músicas que me acompanham, experiências, crescimento, aprendizagem, emoções... Isso tudo influência e reflete na forma e na personalidade de como me expressar com um instrumento hoje, é, a vida...

BvM – Para o festival Nota Jazz, você trouxe de Salvador o tecladista Gabriel Franco e se juntou a 3 músicos de Ipiaú (Celso Hommel, Sussa e Netão), improvisando uma banda que mesmo com o pouco tempo, deu conta do recado. Qual das músicas apresentadas você apontaria como o ponto alto da noite?
AC - Sim, tivemos muito pouco tempo, mas tive o prazer e a oportunidade de unir um grupo formado por músicos profissionais e, além disso, velhos e bons amigos, então esse pouco tempo não se tornou um problema, ensaiei com o Gabriel um dia antes de viajarmos e então aqui nos reunimos a Celso, Sussa e Netão, ensaiamos e então à apresentação...
Ponto alto é algo relativo, cada música tem uma energia distinta, mas, pessoalmente creio que "Eclipse" tenha sido o ponto alto, devido ao fato de sua composição ter-se dado há três dias antes da apresentação, exatamente no momento em que estava ocorrendo um eclipse e que em sua quase totalidade foi tocada em formato de improvisação. Link: www.youtube.com/watch?v=4eKpBmp_a8w

BvM – Quando se fala em guitarrista, a maioria das pessoas já sabe o que significa; mas quando se utiliza o termo Luthier, muita gente fica sem saber do que se trata. Comente um pouco sobre sua rotina nesta nobre profissão.
AC - Bem, para mim como guitarrista, trabalhar como Luthier é muito satisfatório devido ao fato de estar sempre em contato com todos os tipos de guitarras e instrumentos, também importantes em minhas pesquisas, onde ao modificar, consertar e customizar estes instrumentos, analisei todos os seus aspectos e através disso é que desenvolvi e construi as guitarras A.R. Costa, a qual usei nesta edição do Projeto Nota Jazz. Link: http://www.arcostaguitars.net/

BvM – Alisson, o BLOG volume MÁXIMO agradece por sua participação, fique à vontade, o espaço é seu.
AC - Primeiramente quero agradecer a você Carlos, a todos os meus amigos, clientes e a você que estás a ler estas linhas, muito agradecido!

domingo, 20 de dezembro de 2009

SHOWS


A PRIMEIRA VEZ DE BETO GUEDES EM IPIAÚ

Texto e foto: Rita Moreira (estudante univesitária que esteve no show)

12 de dezembro de 2009 em comemoração aos 27 anos do Grupo Ecológico Humanista – PAPAMEL, tivemos a oportunidade de conhecer mais de perto o trabalho de um dos cantores mineiros que mais se empenham na luta pela disseminação de uma consciência ecológica . O show aconteceu às 22:00 h na AABB de Ipiaú. Antes do show de Beto Guedes ocorreu às seguintes apresentações: a apresentação musical de Giva que acontecia, ao passo que se fazia a entrega de prêmios (homenagem do PAPAMEL através do Troféu “Àgua Limpa” a pessoas, instituições e empresas que tem colaborado com a defesa do meio ambiente e dos direitos humanos na Bacia do Rio das Contas) e logo após a entrega dos prêmios um grupo constituído por crianças e adolescentes fez uma apresentação musical com latas, desenvolvendo a arte de musicar, por meio de objetos (latas) aparentemente desprovidos de sonoridade capazes de produzir música. O público inicialmente ficou sentado só ouvindo Guedes se apresentar, até o momento em que o cantor praticamente intimou-o para levantar da cadeira e cantar junto com ele, momento esse em que grande parte das pessoas presentes se dirigiram até a frente do palco e cantaram junto com o cantor. De uma maneira geral, as músicas cantadas fazem parte do repertório do CD “Maria solidária”, além de sucessos de outros Cds. Após o fim do show, Beto Guedes e seus músicos (Ian Guedes – guitarra, Adriano Campagnani – contrabaixo, Cláudio Faria – teclados e Neném – bateria), junto à equipe do PAPAMEL, se dirigiram à pizzaria Firenze, local este, destinado a entrevistas, conforme o cantor solicitou.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

SHOWS


Projeto IX Mercado Cultural traz músicos coreanos a Ipiaú

O Grupo Via Magia de Teatro foi fundado em São Paulo no ano de 1982.O Instituto Cultural Casa Via Magia foi criado para dar suporte a vários projetos culturais que são promovidos por todo o Brasil envolvendo teatro e música entre outros. O "IX Mercado Cultural...Passagem..." é um destes projetos, que passará por Ipiaú nesta quarta-feira, 09 de dezembo, com a seguinte programação:
Colégio Estadual de Ipiaú18h - Teatro - Depois do Fim (BA)
Câmara Municipal 18h - Conferência - Visões Para O Desenvolvimento Sustentável
Colégio Celestina Bittencourt20h - Teatro - As Palavras (BA)
Rio Novo Tênis Clube 21h - Música - Sonagi Project (Coréia)

O Sonagi Project, estabelecido por Jang Jae Hyo, percussionista e vocalista, tem como objetivo a realização de amplas e variadas atividades artísticas sem as delimitações de um gênero. Especialmente “BarameSoop – The Forest of Wind”, um grupo Jang-go produzido em 2008 com o apoio da Seoul Foundation of Arts and Culture, que almeja ser o mais inovador trabalho baseado em música tradicional desde Samulnori. “BarameSoop”, que é composto por cinco tocadores de Jang-go e 10 Jang-gos, mostra a grandeza da natureza, a fonte da força da vida infinita, e energia através da performance, música e dança Jang-go. Diversas músicas com dez minutos de duração compõem uma grande peça e artistas instantaneamente tocam músicas refletindo a satisfação da platéia. Apesar de ser uma performance autêntica, contém muitos elementos experimentais.

Informações extraídas site: http://www.mercadocultural.org/

domingo, 6 de dezembro de 2009

SHOWS


BETO GUEDES VEM AÍ
No póximo fim de semana, 12 de dezembro, a partir das 21:00, na AABB, o cantor mineiro Beto Guedes estará se apresentando pela pimeira vez em Ipiaú. O Show comemora os 27 anos de atividades do Grupo Ecologico-Humanista Papamel. Os ingressos simples custarão R$ 25,00 enquanto as mesas custarão R$ 250,00. Sem dúvida, um imperdivel encontro de Ipiaú com a Música Popular Brasileira.

sábado, 28 de novembro de 2009

SHOWS

MANZUÁ EM IPIAÚ

A banda Itabunense Manzuá, esteve se apresentando em Ipiaú no sábado, 21 de novembro, no Efó Drinks, no Projeto Encontro dos Rios. Vale lembrar que uma das vocalistas da Manzuá é a ipiauense Laísa Eça. Quem fez um resumo geral do evento para o BvM foi Macelo Weber, baixista e violonista da banda. Confiram abaixo:

"Gostei muito da estrutura do Efó Drink´s. O som se propaga legal, uma boa acústica, o ambiente é bem agradável e acolhedor e a localização de fácil acesso.
O que achei um tanto estranho foi a forma como as caixas estavam estruturadas. Terminou fazendo com que o som não chegasse em todos os locais. Mas isso é só comentário de músico mesmo, não tem lá muita relevância pro blog (NE: tem sim!).
O show:
*Cara, gostamos muito de fazer som em Ipiaú. Apesar de estar tendo outros shows na cidade no dia em que o nosso aconteceu, incluindo o de uma banda muito conceituada e de público formado, o público compareceu e conseguimos, de fato, mostrar nosso trabalho.
A energia do lugar foi muito boa e, sinceramente, nos sentimos em casa. Contamos com a participação do músico Allan Eça pra abrir o show p’ra gente além de outros músicos da cidade de Itabuna que se fizeram presentes como o Raoni, da banda Rebocados, que nos felicitou com algumas canções. Em suma, um bom som, amigos presentes, várias outras pessoas e muita música.
Foi uma experiência enriquecedora. Se de nós depender, sem dúvida, estaremos de volta muito em breve.
O que me faz muito feliz, tomando como base o show, é a recompensa de ver uma iniciativa cultural sendo valorizada e mostrando que vale a pena o incentivo as artes em geral. O Projeto ENCONTRO DOS RIOS segue em frente e tentará, em seu próximo passo, trazer a banda Rebocados, eu acredito.
Nosso repertório é uma sinestesia completa. Misturamos poesia, com música e muitos efeitos. A maioria do repertório é composto por músicas autorais.
Fazemos algumas versões em nossas apresentações. Terminando imprimindo o calibre da banda no que tocamos, sejam autorais ou de outros compositores. O som navega entre Roberta Sá, Secos e Molhados, Raul Seixas, Ney Matogrosso, Pedro Luís, Nação Zumbi, Samba, Bossa, Rock, Baião, Mangue, MPB etc. Tudo isso com a idéia de balançar as estruturas dos sons.
Nós da Banda Manzuá agradecemos a todos que tornaram possível a realização deste show. Foi uma experiência magnífica e com grande retorno"


domingo, 22 de novembro de 2009

PROGRAMAS DE RÁDIO


Soluços Ao Luar

“Um programa para ajudar velhas senhoras atravessar a rua”. Este é um dos slogans do “Soluços ao Luar”, programa que vai ao ar todas as sextas-feiras, na Radio Livre Comunitária de Ipiaú, das 22:00 a 00:00 horas, com a apresentação de Adenilson Chita.
Os principais temas do programa são: a política, os músicos de outras décadas, escritores e poetas. Durante o programa, Chita recita poemas, textos políticos, críticos, dentre outros assuntos, além de entrevistas com convidados que muitas vezes são um show a parte.
O Soluços Ao Luar é um dos poucos programas de rádio a misturar poesia, música e política.
Vale a pena sintonizar na Rádio Livre ou ouvi-lo pela internet (
www.radiolivredeipiau.com.br) e passar suas noites de sexta ouvindo música de qualidade, filosofando, “soluçando ao luar”.
Estivemos no programa e fizemos algumas perguntas a Adenilson Chita, confiram:
BvM – Porque o “Soluços ao Luar” é um programa para ajudar velhas senhoras a atravessar a rua?
Adenilson Chita – Por que eu sou a favor de uma arte que ajude as pessoas.
BvM – O “Soluços ao Luar” mistura música e poesia. Qual o maior poeta da música brasileira na sua opinião?
Adenilson Chita – Vinicius de Moraes. Me agrada muito a sua poesia musicada.
BvM – Qual sua música e sua poesia favorita?
Adenilson Chita – Toda poesia e toda música que alcança minha sensibilidade e invade o meu ser.

Texto: Simone Suzart / Carlos Alberto Robertinho

domingo, 15 de novembro de 2009

SHOWS

VALE A PENA CONFERIR!



quinta-feira, 12 de novembro de 2009

VÍDEOS

Banda Soda Pop na passagem de som para o show que aconteceu na Exposição Agropecuária 2009.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

VÍDEOS

O Manzuá, banda de Itabuna, fará show em Ipiaú no próximo dia 21 de novembro, no Efó Drinks. O Evento, que se chamará "Encontro dos Rios" terá tambem participações especiais e a entrada custará R$ 5,00. Vale lembrar que esta banda tem uma vocalista de Ipiaú entre seus integrantes: Laísa Eça. Brevemente mais informações.
Confiram o video da música "Africa".

domingo, 25 de outubro de 2009

SHOWS


11º TRIBUTO À LEGIÃO URBANA

10º TRIBUTO À LEGIÃO URBANA


Ipiaú desta vez inovou não com um, mais sim com dois tributos a uma das maiores bandas de pop rock nacional de todos os tempos. No dia 10 de outubro, no Efó Drinks, rolou o 11º Tributo à Legião Urbana, um evento bem tranqüilo, com a banda Soda Pop e varias participações especiais como: Tito da Cruz, Lucas, Daniel, Alan Eça e Junior Bill, que tambem é um dos idealizadores do evento, que este ano chegou à sua 11ª edição .

O evento foi ótimo, com um clima frio e bem aconchegante para curtir uma boa musica a um preço camarada, com um publico bem seleto e com ouvido apurado para boa musica.

Já no dia 11 de outubro, na AABB, aconteceu o 10º Tributo a Legião Urbana, com “Giva e Banda Sereníssima” - obs: ficaria melhor, se fosse divulgado apenas o nome da banda - mais vamos adiante. Como sempre um publico considerável e a banda com uma pegada muito boa, contando com Giva (vocal), Rogério (guitarra), Guto (baixo) e Bebé (bateria), eles conseguiram agitar o publico presente, que na sua maioria era composto de jovens de Ipiaú e região.

A parte ruim foi o preço, que ficou um pouco salgado, afinal pagar 10 Reais para assistir só covers é um pouco pesado, tendo em vista que o intuito do evento não é o lucro e sim a homenagem a uma banda que fez historia no rock nacional. Fica ai nosso alerta, deixando claro também que os bons eventos têm como base as parcerias, coisa que não vi acontecendo no mesmo. Um exemplo disso é que fui impossibilitado pelo produtor e organizador do Tributo, Giva, de registrar o evento, pois o mesmo deu exclusividade à empresa Foto Click. Nada contra de minha parte, más ressalto que nunca obtive lucro fotografando evento alternativo aqui na cidade Meu maior intuito é deixar registrado para as gerações futuras, aquilo que nossa cidade um dia já ofereceu de bom dentro do cenário alternativo, sendo assim vamos continuar a produzir mais e mais eventos na cidade, sem esquecer que jamais conseguiremos obter altos lucros com os mesmos ou seja: faça pelo gosto ou irá quebrar a cara.


TEXTO: Anderson Nem

(As opiniões contidas aqui não representam necessariamente a opinião do BLOG volume MÁXIMO)

domingo, 18 de outubro de 2009

VÍDEOS


Vídeo promocional do Projeto Nota Jazz. Vale a pena conferir.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

SHOWS


SODA POP NA 21ª EXPO AGROPECUÁRIA

A banda Soda Pop estará se apresentando no próximo dia 17 de outubro (sábado), a partir das 22 horas, na 21ª Expo Agropecuária, que acontece no Parque de Exposições José Thiara. Boa opção para o fim de semana.

domingo, 11 de outubro de 2009

VÍDEOS

Confiram um video do Interna Mente, grupo paulista de hip hop, do qual faz parte o rapper ipiauense Ronaldo MIB. A música se chama "Sarajevo".

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

PROGRAMAS DE RÁDIO


HOMENAGEM A MERCEDES SOSA

A lendária cantora argentina Mercedes Sosa, falecida aos 74 anos de idade, no dia 04 de outubro de 2009 devido a complicações hepáticas e pulmonares, será homenageada no programa Soluços ao Luar, que vai ao ar na próxima sexta-feira, 09 de outubro, ás 21 horas, na Rádio Livre Comunitária, com apresentação Adenilson Chita. Imperdível!

domingo, 4 de outubro de 2009

SHOWS


DOIS TRIBUTOS PARA O MESMO HOMENAGEADO
Falecido em 12 de outubro de 1996, vítima da AIDS, o vocalista Renato Russo continua sendo um dos maiores ídolos do Pop Rock nacional, juntamente com a banda que o tornou famoso: a Legião Urbana. Prova disso é que neste próximo final de semana, acontecerão 2 tributos à banda em Ipiaú. No dia 10 de outubro, no Efó Drinks, acontece o 11º Tributo à Legião Urbana, com a banda Soda Pop e músicos convidados. O evento começará às 22 horas e os ingressos custarão 3 reais + 1 KG de alimento, que será doado para a Fundação Antonio Carlos Magalhães (Casa do Menor). Já no dia 11, acontece na AABB, o 10º Tributo a Legião Urbana com Giva e Banda Serenissima. Os ingressos custam 10 reais individual e 15,00 casadinha. O show tambem começará as 22 horas. Um fim de semana para legionário nenhum botar defeito!

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

SHOWS

SKATE MUSIC FEST

Este evento aconteceu no sábado, 26 de setembro, no Efó Drinks. Regado a muito reggae e hip hop, as bandas agitaram e o publico respondeu a altura. A maior parte publico era formado por skatistas que estavam na cidade competindo no 5º Campeonato Regional de Skate, o que ajudou e muito a festa somando com o publico local que foi bastante ecletico . No fim das contas, tudo transcorreu na paz e todos sairam satisfeitos. Agora esperamos o próximo ano, para que possamos repetir a festa de forma mais ampla.
Agradecimentos à galera d' O Quadro, que deu uma força e tanta e a João, do Efó, por fazer deste local um point alternativo na cidade, mantendo a resistência alternativa.
Falando sobre as bandas, a 1ª banda a subir no palco abrindo a festa, que foi animada por Erlandia, foi a Carranca Reggae, com um repertorio conhecido mesclando covers de bandas como Adão Negro, Natiruts, Planta e Raiz e sons próprios, levantou o publico de forma bem positiva, ao todo foram 1 hora e 30 minutos de som.
Na seqüencia veio a banda Ilheense "O Quadro", com um repertório autoral, levantou a turma dos skatistas, afinal a banda já é conhecida no meio e ninguém ficou parado, deixando um gosto de "quero mais" ao fim do show. Vale ressaltar que "O Quadro", tem entre seu integrantes, um músico de Ipiaú, o MC Freeza. A banda já é bastante conhecida no cenário Hip Hop baiano e nordestino.
Para encerrar, foi a vez da Etiópia Federation, de Itacaré, tocando um reggae bem raiz, finalizando a noite em grande estilo, fazendo a turma balançar ate o ultimo sopro de som.

Texto e Fotos: Anderson Nem
Supervisão: Carlos Alberto Robertinho

domingo, 27 de setembro de 2009

VÍDEOS


Confiram um vídeo da banda KUMIERA, revelação da musica alternativa de Ipiaú. Este show aconteceu na Festa de São Roque em 2007.
Brevemente iremos falar mais sobre a banda aqui no BLOG volume MÁXIMO.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

PROGRAMAS DE RÁDIO


“EXPRESSO BRASILEIRO” O locutor Ricardo Souza comanda a programação noturna da Rádio Livre, de segunda a sexta-feira. Das 20 às 22 horas, vai ao ar uma programação livre, onde são tocados sucessos da música pop nacional e internacional. A partir das 22 horas começa o “Expresso Brasileiro”, programa voltado a Música Popular Brasileira que vai ao ar até meia-noite.
Quem explica melhor o objetivo do programa é o próprio Ricardo Souza: Na realidade, o Expresso Brasileiro é um programa meio estranho para as pessoas que já estão acostumadas a ouvir temas de novelas. O Expresso Brasileiro é voltado a Música Popular Brasileira, abrangendo diversos estilos musicais, desde quando seja popular. por exemplo; tocamos da Bossa Nova ao Baião. Por que Baião não é MPB? Então, aqui já conseguimos mudar a mente de varias pessoas, que criticavam nosso programa de MPB. O lance é que é preciso saber o que significa MPB. Quando paramos para interpretar o significado, em vez de atacar as pessoas com pedras, elas compreendem.”

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

BANDAS DE IPIAÚ


INDO ALÉM DO REGGAE...

A Carranca Reggae é uma banda ainda novata no cenário musical de Ipiaú, tendo sido formada a apenas 3 meses por Anderson Nem (vocal), Lucas (vocal / violão) e Rogério (guitarra). Para completar o time foram convidados Guto (baixo) e Bebé (bateria).

Conversamos com o vocalista Anderson Nem.

BvM – Pelo nome, a Carranca Reggae é uma banda dedicada a este estilo musical. Porque optaram por tocar Reggae?

Anderson Nem – cara, na real a banda não toca só reggae, estamos ate revendo este nome. Misturamos o reggae com umas pegadas de rock.

BvM – Quais são os artistas e bandas que vocês costumam tocar? Já existem músicas próprias?

Anderson Nem - costumamos ouvir muito som nacional, tipo Adão Negro, Diamba, Mato Seco, Ponto de Equilíbrio, Neto Trindade, coisas pouco conhecidas do grande publico e já temos 4 musicas próprias que estão sendo trabalhadas.

BvM – O que aconteceu com a Meskladu, sua banda anterior a Carranca Reggae?

Anderson Nem - A Meskladu sempre foi e será eu, Beto e Bahia. Como Bahia e Beto tiveram que ir atrás de trampo em Sampa, não quis manter o projeto de forma só, cara. Mais estamos com a marca Meskladu viva em produção de vídeos ,musicas, etc.

BvM – Você é uma pessoa bastante envolvida em projetos culturais na cidade. Quais são as dificuldades encontradas na hora de se organizar um evento?

Anderson Nem - Na real a maior dificuldade é encontrar pessoas do movimento, dispostas a correr atrás dos projetos, o resto sai de boa. O comércio de Ipiaú é uma mãe para apoiar projetos.

BvM – Deixe aqui sua mensagem a todos os apreciadores de um bom som que existem em Ipiaú.

Anderson Nem - Agradeço ao BLOG volume MÁXIMO pelo apoio e peço que continue a caminhada, pois precisamos de um veiculo de comunicação neste sentido, cara Apoiar os movimento alternativos. Valeu! Estamos aí sempre.